DELEGATE - a maior eficácia contra drosophila em frutos vermelhos

O DELEGATE está homologado para controlo de Drosophila suzukii em morangueiro, mirtilo e framboesa, em cultura de ar livre.

 

Praga Drosophila suzukii

 

A Drosophila suzukii é uma praga de origem asiática recentemente introduzida na Europa. Devido ao seu elevado potencial reprodutivo e de dispersão e pela sua capacidade de causar prejuízos económicos em diversas culturas representa uma grande ameaça para diversas culturas de importância económica, nomeadamente os pequenos frutos. 

Ataca uma grande diversidade de frutos: cerejas, outras fruteiras como pêssegos, nectarinas, damascos, morangos, framboesas, amoras, mirtilos, kiwi, figos, diospiros, uvas, maçãs, peras asiáticas…

Pertencente à ordem dos Dípteros – família Drosophilidae – moscas do vinagre, a Drosophila suzukii diferencia-se de outras espécies da sua família pela sua capacidade de se alimentar e de se reproduzir não só em frutos maduros como também em frutos sãos. Uma fêmea põe em média mais de 350 ovos. A duração do ciclo da Drosophila suzukii é de 8 a 25 dias (até 2 gerações/mês), desenvolve-se a uma temperatura ótima de 20-25ºC e apresenta reduzida atividade com temperaturas inferiores a 10ºC e superiores a 30ºC.

 

Dose e condições de aplicação - Fitofarmacêutico Delegate


O DELEGATE é um agroquímico que deve ser aplicado à dose de 250 g (morangueiro) e 300 g (framboesa e mirtilo) de produto por hectare, com um volume de calda de 300 -1000/ hectare. Recomenda-se um máximo de duas aplicações por campanha, intervaladas de um mínimo de 28 dias, através de pulverização normal, preferivelmente no início da infestação, assegurando uma boa distribuição sobre a cultura. O produto deve ser aplicado nas horas de maior atividade da praga: início da manhã e início da tarde. 

O DELEGATE apresenta um novo modo de ação no controlo da Drosophila, e um rápido efeito de choque aliado a uma elevada persistência de ação. É um produto seletivo para as culturas autorizadas e apresenta baixa toxicidade para aplicadores, fauna e meio ambiente. O produto tem ainda um curto intervalo de segurança em frutos vermelhos, de apenas 3 dias.

 

Para melhor controlo da Drosophila suzukii recomenda-se a integração com práticas culturais que contribuem para diminuir a probabilidade de instalação da praga na cultura. Na framboesa a diminuição da canópia promove a entrada de luz, maior arejamento e uma melhor eficácia dos tratamentos fitossanitários. Deve ainda reduzir-se os intervalos entre colheitas e garantir a remoção de folhas e frutos durante a produção e após a colheita.

PRODUTOS

ONDE COMPRAR

Localize o distribuidor mais perto de si:

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER