Lusosem participa no seminário final do Projecto Safebrocolo - Melhoria do processo produtivo com base em modelos de risco para alternaria e mosca da couve

Realizou-se a 28 de Novembro, no auditório do CNEMA, em Santarém, o seminário final do “Safebrocolo -Melhoria do processo produtivo com base em modelos de risco para alternaria e mosca da couve”, um projeto que contou com o apoio da Lusosem. Participaram mais de 90 pessoas, entre produtores e técnicos das organizações de produtores, da indústria de congelados e das empresas de produtos fitofarmacêuticos e sementes.

 

 

Projecto SafeBrocolo

 

Este projeto teve como objetivo o desenvolvimento de modelos de previsão de ocorrência de alternariose e ataques de mosca-da-couve, contribuindo para a melhoria do processo produtivo, bem como, para uma utilização mais racional dos produtos fitofarmacêuticos e, consequentemente, para a conservação da biodiversidade nos sistemas de produção e a garantia da qualidade e segurança alimentar dos consumidores.

O desenvolvimento de modelos de previsão de ocorrência de alternariose e ataques de mosca-da-couve exigem uma grande partilha de informação, o que levou à constituição de uma rede, com intervenientes das organizações de produtores ligadas ao setor, empresas de sementes e de produtos fitofarmacêuticos e de outros meios de proteção e de entidades ligadas à indústria.

Segundo o COTHN, um dos promotores do Safebrocolo, «estes modelos são uma ferramenta valiosa e explicativa da realidade de campo, mas a sua validação destes modelos requer grande investimento em termos de experimentação laboratorial e de recolha intensa e muito frequente de dados de campo, ao longo de diversas campanhas, que só será possível, se for esse o desejo da fileira».

 

Objectivos SafeBrocolo

 

Os objectivos propostos pelo Safebrocolo e o facto deste projecto trabalhar com uma equipa multidisciplinar articulando entidades ao longo da fileira em torno de um objectivo comum e trabalhando em rede através de partilha de informação, resultados e conhecimento foram uma motivação para a participação da LUSOSEM no Safebrocolo, uma vez que se enquadra na procura permanente de aquisição e transferência de conhecimento com o sector agrícola que a empresa procura activamente como são exemplo a participação em projectos do PDR 2020 como o + lupinus e Protomate entre outros.

 

Spintor - Insecticida de origem natural

 

O SPINTOR é um insecticida de origem natural, reconhecido no mercado nacional, que apresenta uma excelente eficácia no controlo da Mosca da Couve. É autorizado em Agricultura Biológica sendo compatível com Organismos de Controlo Biológico e apresenta-se como uma solução fundamental numa estratégia anti-resistências. É totalmente selectivo em brássicas e tem uma baixa toxicidade para aplicadores e meio ambiente.

 

Mais sobre o projecto SafeBrocolo

O Safebrocolo, decorreu entre Janeiro de 2015 e Dezembro de 2017 e foi financiado no âmbito ProDer ação 4.1 – Cooperação para a Inovação. Integrou os seguintes parceiros: a Cadova – Cooperativa Agrícola do Vale de Arraiolos, CRL, como entidade gestora da parceria, 5 instituições do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, ESAS/IPS - Escola Superior Agrária /Instituto Politécnico de Santarém, ISA - Instituto Superior de Agronomia, INIAV, I.P. - Instituto de Investigação Agrária e Veterinária, I.P., FCT/UNL - Faculdade de Ciências e Tecnologia/Universidade Nova de Lisboa e a UE - Universidade de Évora e, ainda, a FNOP - Federação Nacional das Organizações de Produtores e o COTHN - Centro Operativo Tecnológico Hortofrutícola Nacional.

PRODUTOS

ONDE COMPRAR

Localize o distribuidor mais perto de si:

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

CONTACTOS

Sede

Rua General Ferreira Martins, n 10-9A

1495-137 Algés

Ligue-nos

Telefone: +351 214 131 242

Fax: +351 214 131 284