Lusosem patrocinou a 3ª edição do AgroIN com o tema “Gerir para a Eficiência”

A Lusosem foi patrocinador gold da 3ª edição do AgroIN, que decorreu a 16 de Abril, levando ao Centro de Congressos do Estoril perto de 500 agentes do setor que tiveram a oportunidade de discutir a forma como se pode gerir as explorações agrícolas com um enfoque no aumento da eficiência.

 

AgroIN

 

O peso da energia nos custos e nas preocupações agricultores foi evidente ao longo do debate, mas muitas soluções viáveis foram apresentadas. No frente a frente sobre a eficiência do uso da energia na agricultura, Joaquim Pedro Torres, da Valinveste, trocou argumentos com Sofia Tavares, da EDP.  No final ficámos a saber que a empresa de energia está disposta a negociar com o setor para encontrar as melhores soluções que sirvam os produtores.

Continuando a falar de energia, desta vez das alternativas que podem ser produzidas nas explorações, na mesa redonda moderada por Pedro Atalaya (produtor e diretor da ANPOC), Pedro Minderico (suinicultor), falou da produção de biogás, Gustavo Caetano (da Quinta da Alorna), da produção de energia fotovoltaica, e Rui Igreja (da ACHAR), da produção de biomassa, enquanto António Sá da Costa (presidente da APREN – Associação de Energias Renováveis) falou da pouca adesão à produção de energia eólica no setor agrícola.

Já depois do almoço de networking, decorreu o painel organizado pela EDIA, “Água e energia, um binómio para a eficiência”, abordando as dificuldades que o Alentejo atravessa a nível da gestão da água e da energia. A moderação esteve a cargo do presidente, José Pedro Salema, e os convidados – Francisco Gomes da Silva (Agro.Ges), Gonçalo Morais Tristão (COTR), Pedro de Sampaio Nunes (EUREKA), Manuel Azevedo (S’mples Energia) e Duarte Caro de Sousa (Ikaros Hemera) - falaram do impacto do custo da água nas explorações e das opções de produção e de compra de energia que existem no mercado.

Ficou também a saber-se como é que a Agricultura de Precisão e os novos robots agrícolas podem ajudar os agricultores a serem mais eficientes. Ouviram-se casos práticos de agricultura eficiente, apresentados na primeira pessoa, como da Horticilha (do grupo RAR/Vitacress) e da Primores do Oeste. 

 

AgroIN termina com entrega dos Prémios Vida Rural


Francisco Avillez foi o vencedor do Prémio Personalidade Armando Sevinate Pinto que, no âmbito do destaque, confessou sentir-se «muito honrado por este Prémio. Agradeço muitíssimo este prémio com o nome do Armando Sevinate Pinto, mas gostaria que não houvesse prémio com o seu nome porque significaria que ele ainda estaria connosco. O Armando foi alguém muito importante na minha vida e sei que ele também ficaria muito satisfeito por ser eu a receber este primeiro prémio com o seu nome».

Foram ainda premiados: João Coimbra, vencedor do Prémio Agricultor Eficiente; Darta - Dardico, vencedora do Prémio Agroindústria Eficiente; Torriba, vencedora do Prémio Organização de Produtores Eficiente; Projeto SANIMILHO, vencedor do Prémio I&D Projeto Eficiência.

PRODUTOS

ONDE COMPRAR

Localize o distribuidor mais perto de si:

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER