NIMBUS

NIMBUS

Enxofre WG

fungicida inorgânico de enxofre

 

Fungicida inorgânico, de superfície
Possui atividade preventiva e curativa (oídios)
Inibe vários processos metabólicos, atuando em diversos enzimas

Composição e formulação : enxofre

APV : 3814

 

COMPOSIÇÃO E FORMULAÇÃO
Grânulos dispersíveis em água (WG) com 90% (p/p) de enxofre
Embalagens: ???

 

MODO DE AÇÃO
Actua por libertação de vapores de enxofre, com carácter preventivo e curativo

 

Observação: Não aplicar nas horas de mais calor

 

Principais Culturas Doenças Concentração / Dose Aplicação Intervalo de Segurança
Damasqueiro

Pessegueiro
Oídio (Podosphaera tridactyla)

Oídio (Podosphaera pannosa)
200 - 400 g/hL
Começar após a floração usando a concentração mais elevada (400 g/hL).
Realizar aplicações com intervalos de 10-15 dias, utilizando a concentração mais baixa (200 g/hL).
 
Não tem?

Ervilheira

Meloeiro

Pepino

Tomateiro
 

Oídio (Erysiphe pisi)

Oídio (Erysiphe cichoracearum)

Oídio (Erysiphe cichoracearum)

Oídio (Leveillula taurica)
 

150 - 200 g/hL

300 - 350 g/hL

200 - 300 g/hL

200 - 400 g/hL
 

Aplicar quando as plantas apresentarem 3-5 folhas definitivas e repetir a intervalos de 2-3 semanas até as condições serem favoráveis ao desenvolvimento do oídio.
 
Não tem?
Macieira Oídio (Podosphaera leucotricha) 350 g/hL
Realizar aplicações ao abrolhamento. Repetir com 7-10 dias de intervalo ou, em pomares muito atacados, de 5 em 5 dias, até ao fim do crescimento dos rebentos.
 
Não tem?
Macieira

Pereira
Pedrado (Venturia pyrina)

Pedrado (Venturia inaequalis)
600 - 700 g/hL  ou  400 g/hL
Seguir as indicações do Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência, iniciar aplicações ao aparecimento da ponta verde das folhas e repetir no estado de botão branco ou rosa, usando as concentrações mais altas (600-700 g/hL). Os tratamentos durante a floração só serão efectuados em cultivares em que esta se prolongue por largo período de tempo ou perante condições climáticas favoráveis à evolução da doença.
Repetir à queda das pétalas, ao vingamento do fruto e com intervalos de 10-12 dias se as condições climáticas favorecerem a doença, usando a concentração mais baixa (400 g/hL)
 
Não tem?
Morangueiro Oídio (Podosphaera macularis) 200 g/hL
Efectuar as aplicações antes da floração e após a colheita dos frutos, quando existam sintomas e repetir a intervalos de 10-14 dias até as condições deixarem de ser favoráveis ao desenvolvimento do oídio.
 
Não tem?
Videira (Vinha) Oídio (Erysiphe necator) 400 - 1250 g/hL (Dose máxima de aplicação: 12,5 Kg/ha)
Em condições favoráveis e em vinhas de dastas reconhecidas localmente como sendo sensíveis ao oídio, usar apenas no período pré-floral.
 
Não tem?
Escoriose (Cryptosporella viticola) 400 - 500 g/hL
Realizar o 1º tratamento quando os gomos apresentem a ponta verde e os mais adiantados tenham 1 a 2 cm de comprimento.
Realizar o 2º tratamento quando os rebentos tenham um comprimento que não ultrapasse os 5 cm.
 

 

 

 

Centro de informação anti-venenos: 808 250 143

 

Precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais

 

Este produto não está classificado como perigoso de acordo com o critério da CE.

 

Recomendações de Prudência:

Manter fora do alcance das crianças.
Não comer, beber ou fumar durante a utilização deste produto.
Eliminar o conteúdo/embalagem em local adequado à recolha de resíduos perigosos.

Para evitar riscos para os seres humanos e para o ambiente, respeitar as instruções de utilização

 

Precauções Biológicas

 

????

PRODUTOS

ONDE COMPRAR

Localize o distribuidor mais perto de si:

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

CONTACTOS

Sede

Rua General Ferreira Martins, n 10-9A

1495-137 Algés

Ligue-nos

Telefone: +351 214 131 242

Fax: +351 214 131 284