INDAR 5 EW

INDAR 5 EW

Anti-Pedrado para Macieira e Pereira

fungicida sistémico de combate ao pedrado da macieira e pereira

 

Acção curativa, permitindo combater infecções de pedrado 96 horas após o seu início
Protecção eficaz de frutos e novos rebentos

Composição e formulação : fenebuconazol

Nº de Autoriz. Venda: 1050


Utilize os produtos fitofarmacêuticos de forma segura. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de a utilizar.

 

COMPOSIÇÃO E FORMULAÇÃO
Emulsão de óleo em água (EW) com 50 g/L ou 4,95% (p/p) de fenebuconazol
Embalagens: 80ml e 1L

 

MODO DE AÇÃO
O INDAR 5EW é um fungicida sistémico, com atividade preventiva e curativa, da família dos triazóis que atua como inibidor da demetilação na biossíntese de esteróis de fungos (DM) para o combate ao oídio da videira; pedrado da macieira, pereira, marmeleiro e pêra-nashi; oídio e moniliose do pessegueiro, nectarina, ameixeira, cerejeira e damasqueiro; moniliose da amendoeira, oídio do meloeiro, melancia, pepino, abóbora e courgette e olho-de-pavão da oliveira. 

 

Principais Culturas Doenças Concentração / Dose Aplicação Intervalo de Segurança
Macieira, Pereira, Marmelo e Nashi Pedrado
(Venturia inaequalis, venturia pyrina)
1 L/ha máx.
Seguir as indicações dos Serviços de Avisos quando existam. Na sua ausência iniciar a protecção ao aparecimento da ponta verde das folhas, em condições favoráveis a doença. A persistência do produto é de 10 a 12 dias. Utilizar o intervalo mais curto em situações de maior risco.
 
28 dias
Amendoeira Moniliose
(Monilia laxa, M. fructigena)
1,5 L/ha máx. Duas aplicações desde o início da floração aré à queda das pétalas. Possibilidade de utilizar o produto depois, no entanto é preferível o seu uso em floração pelo impacto da doença nesta fase. 120 dias
Cerejeira Moniliose
(Monilia laxa, M. fructigena)
1,5 L/ha máx. Aplicações em floração, antes do vingamento e na maturação realizando o último tratamento três dias antes da colheita para obter um controle prolongado até depois da colheita. 5 dias
Oídio
(Podosphaera pannosa)
Aplicações desde a queda das pétalas até ao vingamento.
Pessegueiro, Nectarinas, Ameixeira e Damasqueiro Moniliose
(Monilia laxa, M. fructigena)
1,5 L/ha máx. Aplicações em floração e maturação, realizando o último tratamento três dias antes da colheita para obter um controle prolongado até depois da colheita. 3 dias
Oídio
(Podosphaera pannosa)
Aplicações desde a queda das pétalas até ao vingamento.
Uva de mesa e para vinificação Oídio
(Podosphaera pannosa)
Podridão negra ou black-rot
(Guignardia bidwellii)
0,75 L/ha máx.   28 dias
Abóbora, Courgette, Meloeiro, Melancia e Pepino Oídio
(Sphaeroteca fuliginea Erysiphe cichoracearum)
1 L/ha máx. Aplicar na Primavera, aos aparecimento dos primeiros sintomas. SE necessário prosseguir com os tratamentos no Outono. 2 dias

 

 

 

Centro de informação anti-venenos: 808 250 143

 

Precauções toxicológicas, ecotoxicológicas e ambientais

 





 
Prejudicial para o Meio Ambiente




 
Nocivo e Irritante

Provoca irritação cutânea
Provoca irritação ocular grave.
Tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros
Se for necessário consultar um médico, mostre-lhe a embalagem ou o rótulo. 
Manter fora do alcance das crianças.
Não respirar as poeiras/ fumos/ gases/ névoas/ vapores/ aerossóis.
Não comer, beber ou fumar durante a utilização deste produto.
Usar luvas de protecção/ vestuário de protecção/ protecção ocular/ protecção facial. 
EM CASO DE INGESTÃO: contacte imediatamente um CENTRO DE INFORMAÇÃO ANTIVENENOS ou um médico.
SE ENTRAR EM CONTACTO COM A PELE: lavar abundantemente com água.
SE ENTRAR EM CONTACTO COM OS OLHOS: enxaguar cuidadosamente com água durante vários minutos. Se usar lentes de contacto, retire-as, se tal lhe for possível. Continuar a enxaguar.
Recolher o produto derramado.
Eliminar o conteúdo/recipiente de acordo com regulações aplicáveis.
Não poluir a água com este produto ou com a sua embalagem. (Não limpar o equipamento de aplicação perto de águas de superfície./Evitar contaminações pelos sistemas de evacuação de águas das explorações agrícolas e estradas).
Para proteção dos organismos aquáticos, não aplicar em terrenos agrícolas adjacentes a águas de superfície.

 

Para evitar riscos para os seres humanos e para o ambiente, respeitar as instruções de utilização.

 

Precauções Biológicas

 

Para evitar o desenvolvimento de resistências realizar no máximo, no conjunto das doenças visadas, com este ou outro fungicida do grupo dos DMI:

- 4 tratamentos em pereira, macieira, marmeleiro e pêra-nashi;

- 3 tratamentos em videira;

- 2 tratamentos em oliveira, pessegueiro, nectarina, ameixeira, amendoeira, cerejeira, damasqueiro, meloeiro, pepino, melancia, abóbora e courgette.

Não aplicar este fungicida nos locais onde se comecem a verificar quebras de eficácia, após aplicações repetidas deste produto ou de outros com o mesmo modo de ação.

Para evitar o desenvolvimento de resistências, recomenda-se alternar o uso do produto com outros fungicidas de diferente modo de ação, que não apresentem resistência cruzada.

PRODUTOS
ONDE COMPRAR

Localize o distribuidor mais perto de si:

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER
CONTACTOS
Sede

Rua General Ferreira Martins, n 10-9A

1495-137 Algés

Ligue-nos

Telefone: +351 214 131 242

Fax: +351 214 131 284

Chamada para a rede fixa nacional